quinta-feira, 28 de abril de 2011

As Renildinhas (Camponotus)

Agora sim a Renilda (Camponotus) vai receber um pouco de folga, nasce a segunda filha



Foi complicado tirar o inseto mas deu certo



São bem ativas e percorrem todo o espaço do tubo


terça-feira, 26 de abril de 2011

Primeira operária da Renilda (Camponotus)

Hoje nasceu a primeira operária da Renilda, ela é bem menor que a mãe, mas futuramente serão maiores


Agora com ajuda a rainha vai ficar mais tranquila e a colônia vai crescer mais rápido


Tem outra pupa que esta quase nascendo, falta pouco


sábado, 23 de abril de 2011

Um inseto sempre é bem vindo

Por estar dando wey na alimentação da Renilda (camponotus) não achei necessário oferecer insetos,  conversando com o Bruno do blog http://adoroformigas.mirmecolismo.com.br/, ele  me deu a dica de por um inseto para ver se ela aceitaria e o resultado as fotos abaixo diz por si mesma.

Primeiro ela protege as pupas


Depois ela faz um reconhecimento do perigo em potencial


Para eliminar o perigo de forma rápida ela corta a cabeça da vítima


Nesse momento a cabeça ja se foi


Olha o resultado minutos depois, tudo em pedaços e esta servido o lanche


O que aprendi é que mesmo dando wey que é proteína, um inseto sempre vai ser bem aceito


Deixe seu comentario ou opnião ela pode ajudar outra pessoa que busca informação

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Fênix com sua 1ª pupa

Fênix  com sua primeira pupa

Protegendo as filhas

Logo nascerá a primeira operária/enfermeira, isso vai ser
bom para a rainha, que vai ter alguém para dividir as tarefas, as primeira operárias tem funções flexiveis e só vão divir as tarefas quando houver mais delas para dividirem os setores, sendo, enfermeiras que vão cuidar dos ovos e da rainha, as coletoras que buscarão alimentos e as maiores que cuidarão da seguranca da colônia.


No momento a rainha faz todas as tarefas



quinta-feira, 21 de abril de 2011

Renilda com suas pupas (Camponotus Festinatus)

Pupas da Renilda


Ela vai continuar no tubo até ter operárias 


O desenvolvimento desta espécie é mais rápido do que a ectatomma, como podem ver ela tem 3 pupa e a Cecilia (ectatomma ) continua com uma


Quando ela não tinha ovos eu abria o pote ou tubo ela tentava fugir, agora abro e ela protege os ovos e pupa, a postura mudou, oestinto de mãe fala mais alto.


sábado, 16 de abril de 2011

Mamãe coruja

Higiêne em primeiro luga!


Cuidando das crias


Dando uma espiadinha


Opa! olha o lanche!


sexta-feira, 15 de abril de 2011

terça-feira, 12 de abril de 2011

Primeira pupa da Cecilia ( Ectatomma)

Chegamos na última fase do ciclo da metamorfose, logo nascerá a primeira operária




o primeiro ovo demorou 61 dias para evoluir de ovo até pupa.

quinta-feira, 7 de abril de 2011